Contato:   Gravataí: (51) 3488.3488

“Novo normal” impulsiona conceito de Construção Enxuta

Julho 2020

Lean Construction, ou Construção Enxuta, é um conjunto de procedimentos que busca melhorar processos, reduzir desperdícios e criar novas formas de projetar e construir. Segundo os que seguem o conceito, a metodologia funciona como uma lupa para detectar atividades que não agregam valor à obra. Dentro do quadro de “novo normal” imposto pela pandemia de Coronavírus, a Construção Enxuta tende a potencializar futuros projetos das construtoras.

Porém, alertam os especialistas, Lean Construction não é uma caixa de ferramentas, mas uma filosofia de produção. Eles também avisam que a implantação se dá a médio e longo prazo – normalmente, de seis meses a um ano. “Quando os resultados são obtidos, geram dados interessantes na gestão da produção, no cumprimento de prazos, na eliminação de restrições. É possível reduzir o desperdício no canteiro de obras em até 10%”, assegura o engenheiro civil André Quinderé.

No webinar “Lean Construction na prática”, do qual participou, Quinderé afirma que não há restrição para aplicar os procedimentos em pequenas construtoras. “A Lean Construction se adapta à realidade da empresa”, assegura. Também foi comentado que o maior desafio para o sucesso da metodologia está nos serviços terceirizados dentro do canteiro de obras. Dados mostram que movimentos errados da mão de obra geram aumento de 16% nos gastos e no atraso do cronograma da construção.

Inspirada em conceitos japoneses, metodologia tem 11 pontos primordiais

A terceirização é vista como a vilã da Construção Enxuta porque ocorrem muitas mudanças de time de uma obra para outra. Com isso, fica difícil fazer a mão de obra absorver os conceitos e adequar a metodologia à cultura da empresa. Os especialistas que participaram do webinar disseram que, quando isso ocorre, a Lean Construction pode gerar mais ônus que bônus, além de não conseguir cumprir seus 11 pontos primordiais, que são:
1. Reduzir atividades que não agregam valores ao produto.
2. Aumentar o valor do produto, de acordo com as necessidades do cliente.
3. Redução da variabilidade dos produtos e das entregas.
4. Redução no tempo de ciclo de produção.
5. Simplificar através da diminuição do número de passos ou partes de um processo.
6. Aumentar a flexibilidade do produto, tornando-o mais customizável.
7. Aumentar a transparência do processo.
8. Controlar o processo global, e não somente suas partes.
9. Introduzir a melhoria contínua no processo.
10. Balancear as melhorias entre o fluxo e as conversões.
11. Aplicar o benchmarking para estar sempre acompanhando as melhores práticas do setor.

Criados em 1992, os conceitos de Lean Construction chegaram recentemente ao Brasil. Em 2016, o Sebrae lançou uma cartilha para orientar os primeiros passos da metodologia. Apesar de ter sido idealizado pelo finlandês Lauri Koskela, a Construção Enxuta segue muitos conceitos surgidos no Japão, como o próprio sistema Toyota de produção. Baseia-se também em ferramentas como Kaizen (melhoria contínua), 5S (senso de utilização, senso de organização, senso de limpeza, senso de saúde e senso de autodisciplina) e Kanban (controle de fluxo de produção).

Fonte: Blog Massa Cinzenta
Galeria
1
2
Notícias Romac
  Nós ligamos para você.
Não fique com dúvidas sobre produtos ou serviços Romac. Deixe o seu contato que um representante entrará em contato com você o mais rápido possível.




Nós ligamos para você.
Não fique com dúvidas sobre produtos ou serviços Romac. Deixe o seu contato que um representante entrará em contato com você o mais rápido possível.




Romac News
n°13
Serviços de
Financiamento

Compre seu equipamento sem dores de cabeça com a Romac.

Enviar

RS
Gravataí:
(51) 3488.3488