Contato:   Gravataí: (51) 3488.3488

Produtividade na construção brasileira pode crescer com o uso de tecnologia

Junho 2019

A construção mundial deve continuar a crescer nos próximos anos. Segundo dados da McKinsey Brasil, empresa de consultoria, apresentados durante o Workshop Revista M&T 2019, em 2014 o segmento representava 13% do Produto Interno Bruto (PIB) com um valor de US$ 9,5 trilhões.

Até 2025, a projeção é de uma alta entre 3% a 4% ao ano, chegando a U$ 14 trilhões. Porém, apesar dos bons resultados, em termos de produtividade, o setor teve um aumento de apenas 1% ao ano entre 1995 e 2014, um índice muito baixo se comparado à manufatura e à indústria, que conquistou uma elevação entre 3% e 4% ao ano no mesmo período.

No caso do Brasil, a realidade chega a ser mais desafiadora. Entre 1995 e 2015, o país quase não apresentou crescimento em produtividade e o nível atual do segmento está muito abaixo ante outros países.

Segundo Kevin Nobels, Sócio da Prática de Operações da McKinsey, sete principais alavancas – regulamentação, colaboração e contratação, design e engenharia, compras e gerenciamento da cadeia de suprimentos, execução da obra, tecnologia e capacitação – podem melhorar os resultados e alavancar a produtividade na construção.

“A média de aumento da produtividade trabalhando todas essas alavancas pode chegar a 50%, sendo a tecnologia a que mais contribui com esse ganho, com índices entre 14% e 15%”.

Nesse sentido, Nobels avaliou que, com as tecnologias atuais, o potencial de automação do segmento é alto, em média 45%. Para ele, a área precisará investir mais em inovação por uma questão de sobrevivência.

“Caso isso não ocorra, ele vai deixar de ser competitivo”, enfatizou Nobels, que relembrou ainda uma pesquisa da consultoria, que mapeou 2500 soluções de startups, cujos clusters mais interessantes foram: automatização, robotização, impressão 3D, inteligência artificial, soluções de otimização de supply chain, equipamentos, BIM (Building Information Modeling) e integração entre a engenharia, planejamento e execução.

Em sua apresentação no Workshop Revista M&T 2019, o sócio da McKinsey também analisou três tecnologias que devem ter um grande impacto nos próximos anos na construção, automatização e robótica, Inteligência Artificial (IA) e Advanced Analytics (AA), modelo twin e robótica e impressão 3D.

Além disso, ele também apresentou alguns desafios decorrentes desse avanço, como por exemplo, encontrar a tecnologia mais adequada para ser aplicada à empresa, uma vez que quase metade de todas as transformações digitais não consegue oferecer benefícios para os negócios.

FONTE: Revista M&T.
Galeria
1
Notícias Romac
  Nós ligamos para você.
Não fique com dúvidas sobre produtos ou serviços Romac. Deixe o seu contato que um representante entrará em contato com você o mais rápido possível.




Nós ligamos para você.
Não fique com dúvidas sobre produtos ou serviços Romac. Deixe o seu contato que um representante entrará em contato com você o mais rápido possível.




Romac News
n°13
Serviços de
Financiamento

Compre seu equipamento sem dores de cabeça com a Romac.

Enviar

RS
Gravataí:
(51) 3488.3488